Se você faz receitas do Quarta Feira, envie a foto da sua preparação na página do facebook:

quarta-feira, dezembro 28, 2011

Carpaccio - Como surgiu?

              Conta a história que a receita do carpaccio nasceu no Harry's Bar, em Veneza, pelo genial Giuseppe Cipriani, na década de 1950. Para contentar uma condessa, Condessa Amalia Nani Mocenigo - assídua no bar, pede a Cipriani um prato leve, sem carne assada ou cozida, proibidas por seu médico, o contrafilé foi cortado em finíssimas fatias, arrumadas no prato como cartas de baralho e regadas com molho. Na bandeja, a coloração da carne lembrava as pinturas do veneziano Vittore Carpaccio (1460-1526), que acabou batizando a criação.
Vittore Carpaccio, foi pintor renascentista famoso pelo uso da cor vermelha, homenageado com uma grande exposição naquele ano.
O molho da receita original, segundo Arrigo Cipriani, levava apenas maionese, gotas de molho inglês, suco de limão, duas colheres de sopa de leite, sal, pimenta do reino branca, tudo bem batido para fazer uma emulsão.

Giuseppe Cipriani
               Mais de meio século depois, o carpaccio não mais se restringe à carne bovina crua.
              A criatividade resulta em receitas com os mais diversos ingredientes, peixe, frutos do mar como polvo, vieiras e camarões, legumes como tomate caqui, palmito pupunha e abobrinha, ou até de frutas.
            Isto significa que a palavra carpaccio designa a um tipo de corte, agora, apenas as finas fatias de um alimento. Ele se tornou sinônimo de comida saudavel.



 
 










Fonte: pequeno dicionário de gastronomia e revista Menu
Fonte/imagens: google imagens