Cocotte

O termo usado para denominar a panelinhas, é uma palavra francesa, que se refere a uma caçarola com tampa, tem mais de um significado - vem de cacarejar e, coloquialmente pelidava as prostitutas de luxo no seculo 19. Hoje, é forma carinhosa de chamar a mulher amada.



Panelinha de luxo: a caçarola diminuta de ferro fundido esmaltado tradicionalíssima na França que emprega o nome ao La Cocotte é , para muita gente, sinônimo de Le creuset. Faz todo o sentido: a marca surgiu em 1925, na cidade de Fresnoyle-Grand dans L´Aisne, mesmo ano em que soltou a primeira cocotte.
A panela pode ser para porções individuais ou de tamanho grande, mas sempre feita de cerâmica.
 A panelinha simboliza o desapego a formalidades, mas sem o rótulo de comfort food, ainda que a petite casserolle traga um eternizado boeuf.
Pratos en cocotte são geralmente preparados neste tipo de recipiente.







Fonte: revista Gula / edição 226, pequeno dicionário de gastronomia

Comentários

Postagens mais visitadas